domingo, 23 de outubro de 2011

Exercícios Terapêutico para Pacientes com AVC


  • Definição da Patologia
   O acidente vascular cerebral (AVC) é definido como qualquer processo patológico que comprometa o fluxo sanguíneo vascular para uma área distinta do cérebro.
  • PRINCIPAIS FATORES CAUSADORES DO AVC:

•             Aterosclerose cerebral;
•             Hipertensão Arterial;
•             Diabetes Mellitus;
•             Doenças cardíacas;
•             Idade maior que 64 anos;
•             Raça Negra;
•             Sexo masculino;
•             Histórico familiar de AVC;
•             Tabagismo;
•             Anemia Falciforme;
  •   OBJETIVOS DA FISIOTERAPIA EM PACIENTES COM AVC

  O fisioterapeuta irá ajuda-lo a entender o que lhe aconteceu e a responder eficientemente à medida que o paciente tente se adaptar.
 A reabilitação após o AVC significa ajudar o paciente a usar plenamente toda sua capacidade, a reassumir sua vida anterior adaptando-se a sua situação atual.

EXERCÍCIOS PARA PACIENTES PORTADORES DE AVC:

  • Ombros

1. Sente-se e segure o bastão com ambas as mãos estendidas à frente (1).
2. Eleve ambos braços acima da cabeça, até sentir alongar bem (2).
3. Mantenha por 15 segundos e relaxe.
4. Repita 5 vezes, 1 ou 2 vezes ao dia.


1. Deite-se de costas com os braços
estendidos para cima.
2. Eleve os ombros como se estivesse empurrando o teto para cima, sem levantar a cabeça.
3. Mantenha por 5 segundos.
4. Repita 10 vezes, 1 ou 2 vezes ao dia


  • Cotovelo:






1. Deite-se de costas com o braço para cima, fixando o cotovelo com a outra mão, como mostrado.
2. Deixe que o peso de seu antebraço vá dobrando o cotovelo devagar até sentir alongar.
3. Mantenha por 5 segundos.        
4. Repita 10 vezes, 1 ou 2 vezes ao dia.





1. Segure um peso de ½ Kg.
2. Fique em pé com o braço estendido para baixo e polegar para a frente.
3. Dobre o cotovelo como mostrado.
4. Mantenha por 5 segundos.
5. Repita 10 vezes, 1 ou 2 vezes ao dia.



  • Punho:


1. Segure a mão como mostrado.
2. Com esse auxílio, dobre o punho para baixo até alongar.
3. Mantenha por 5 segundos.
4. Repita 5 vezes, 1 ou 2 vezes ao dia.



  • Joelho:
1. Deite-se de costas com a perna a exercitar esticada e o joelho da outra dobrado, como
na figura.
2. Mantendo a perna esticada, eleve-a até
que o joelho fique no mesmo nível do outro.
3. Mantenha por 10 segundos e abaixe lentamente.
4. Repita 3 vezes, 1 ou 2 vezes ao dia





1. Deite-se de costas com uma toalha de rosto enrolada debaixo do joelho.
2. Eleve o calcanhar do solo até a perna estar esticada.
3. Mantenha por 10 segundos e volte lentamente.
4. Repita 5 vezes, 1 ou 2 vezes ao dia.


  • Tornozelo:
1. Sente-se numa cadeira com o pé apoiado no chão.
2. Empurre os dedos do pé para elevar o calcanhar como mostrado.
3. Mantenha por 5 segundos.
4. Repita 10 vezes, 1 ou 2 vezes ao dia.


1. Sente-se no chão com uma toalha ou faixa
ao redor do pé como mostrado.
2. Puxe a ponta do pé para seu corpo até alongar.
3. Mantenha por 5 segundos.
4. Repita 10 vezes, 1 ou 2 vezes ao dia.



  • Pescoço: 
1. Sente-se ou fique em pé com boa postura.
2. Dobre o pescoço para a frente como mostrado.
3. Mantenha por 5 segundos, Relaxe.
4. Repita 10 vezes, 1 ou 2 vezes ao dia.


1. Sente-se ou fique em pé com boa postura.
2. Mantendo a face voltada à frente, dobre o pescoço para a direita como mostrado.
3. Mantenha por 5 segundos. Relaxe.
4. Repita 10 vezes, 1 ou 2 vezes ao dia.



  • Coluna:



1. Fique em pé, com o braço sobre a cabeça.
2. Incline-se para a direita até sentir alongar.
3. Mantenha por 5 segundos.
4. Repita o movimento para o outro lado.
5. Mantenha por 5 segundos.
6. Repita 10 vezes, 1 ou 2 vezes ao dia.




1. Deite-se de costas.
2. Puxe o joelho esquerdo para o peito, mantendo a perna direita toda no piso.
3. Mantenha por 5 segundos.
4. Repita 10 vezes, 1 ou 2 vezes ao dia.
5. Repita com o outro lado.



Referências:








































6 comentários:

  1. bom alguns exercícios não são coerentes, devemos pensar nas atividades funcional que devemos dar ao indivíduo tentando quebrar o padrão que um paciente tem apos a fase aguda do ave, e necessário realizar execícios que não aumentem o padrão flexor, para não estimular este padrão, reveja alguns exercícios que estimular o padrão antagonista do músculo para alcançar objetivos e o paciente ter uma vida mais funcional

    ResponderExcluir
  2. Adorei eu sofri um acidente de AVC eu queria ficar melhor

    ResponderExcluir
  3. Que falta de criatividade! Esses exercícios de nada acrescentam em funcionalidade, erroneamente você está favorecendo os padrões flexores, reveja seus conceitos!

    ResponderExcluir
  4. TIVE UM AVC EM 16/09/16, ATE HOJE TENHO MEUS MOVIMENTOS REDUZIDOS. TENHO EMPASTICIDADE NO BRAÇO O QUE DIFICULTA O MOVIMENTO POIS CAUSA MUITA DOR NO MEU OMBRO,POR FAVOR ME AJUDE!

    ResponderExcluir